Porto Alegre, quinta-feira, 21.08.2014
 
 
 
   
Forte inversão térmica traz nevoeiro e nuvens baixas persistentes
Por: Agosto, 20-08-2014 | 11:29 | Categoria:
 
 
 
 
 

Porto Alegre começou a ter formação de nevoeiro e cobertura de nuvens baixas ainda no começo da noite da terça-feira com restrição de visibilidade em partes da cidade, em especial nos pontos mais altos. Às 22h o Salgado Filho já reportava nevoeiro com visibilidade de 800 metros. Em regra, nevoeiro que se forma cedo tarda a se dissipar, o que fará com que muitos pontos do Centro e do Leste do Estado passem grande parte desta quarta com o céu encoberto. Na manhã de hoje, o nevoeiro era forte em pontos da área metropolitana, mas, no geral, a visibilidade era maior que a de ontem em Porto Alegre.


Nevoeiro já estava presente às oito da noite de ontem na Baltazar de Oliveira Garcia, na zona Norte – Yuri Adachi


Também bairros da zona Sul de Porto Alegre já tinham nevoeiro no começo da noite de ontem – Gabriel Ramella

Céu claro e vento calmo favorecem o forte resfriamento noturno em superfície, mas como há o ingresso de ar mais quente em altitude se estabelecem condições de inversão térmica. Quanto mais alto na atmosfera, mais frio fica. Esta é a regra. Na inversão se dá a exceção. Os dados da sondagem por balão meteorológico das 9h de ontem do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, mostraram que em toda a parcela da atmosfera entre 300 metros e 1600 metros de altitude a temperatura do ar era maior que a registrada pela estação de superfície. Junto ao solo fazia às 9h da manhã 14ºC, mas a 1560 metros de altitude a temperatura era de 18,6ºC. Hoje, quarta, a sondagem apontou temperatura às 9h no Salgado Filho de 14,4ºC, mas entre 400 metros e 1500 metros de altitude a temperatura era superior a ponto de fazer 21ºC (!!) a 1100 metros de altitude.


Trânsito do começo da manhã de hoje teve a presença de nevoeiro na Grande Porto Alegre – Triunfo/Concepa

As condições seguem favoráveis à formação de nevoeiro e nuvens baixas no Centro e no Leste do Rio Grande do Sul nesta quinta e de forma mais localizada na sexta-feira, mas o sol predomina no Estado. As tardes de quinta, sexta e do fim de semana vão ser marcadas por alta temperatura no Rio Grande do Sul com máximas ao redor de 30ºC. Durante o fim de semana a massa de ar quente se reforça e vai esquentar ainda mais. O Estado deverá ter máximas muito altas em pontos do Centro e do Oeste e o Noroeste de 31ºC a 33ºC, não se descartando mesmo máximas superiores em algumas cidades gaúchas.

0
 
 
   
Semana terá muito sol, frequente nevoeiro e tardes de calor
Por: Agosto, 18-08-2014 | 07:38 | Categoria:
 
 
 
 
 

Porto Alegre e outros pontos do interior começaram a segunda-feira com nevoeiro, denso em diversos pontos (imagem abaixo do SBTRS). Na Capital, a restrição de visibilidade obrigou a suspensão das operações no Aeroporto Salgado Filho. Na maioria dos locais, o nevoeiro se dissipa durante a manhã, mas em alguns pontos pode seguir até o período da tarde. O sol, contudo, predomina no Estado hoje. Além de nevoeiro, a segunda-feira tem início com temperatura muito mais alta que na última semana. A estação automática de Ausentes que indicou 7,4ºC abaixo de zero na quinta hoje teve mínima de 9,4ºC positivos.


O domingo foi de tempo ensolarado na Metade Norte do Estado, mas do Centro para o Sul gaúcho o dia foi marcado pela presença de nevoeiro e nuvens baixas com aberturas em algumas destas áreas no período da tarde. Foi o caso de Porto Alegre teve uma manhã e começo de tarde com céu encoberto por nuvens baixas, mas depois pôde testemunhar o sol acompanhado de nuvens. Na hora do jogo do Grêmio, na Arena, o sol aparecia com nuvens na Capital (foto abaixo de @mujicadospampas).


Muita gente que foi ao jogo ficou espantando com uma formação de nuvens na direção do Centro. Da esplanada da Arena a impressão, de acordo com os depoimentos, era de uma cadeia de montanhas no horizonte da cidade (fotos abaixo de Diego Antonio e @tripa_rs). O que os torcedores gremistas viram junto ao horizonte na saída da partida foi uma camada de nuvens baixas e que depois voltaria a tomar conta da cidade à noite, e dando origem ao nevoeiro da madrugada desta segunda-feira.


E a semana que começa terá alta frequência de nevoeiro e nuvens baixas em horas da madrugada e do período da manhã com posteriores aberturas de sol em Porto Alegre e no interior. Com o avanço de ar quente de Norte e a presença de ar mais frio ao Sul, criam-se condições de inversão térmica. O tempo seco, entretanto, predomina até o fim de semana com muitos dias de sol. O frio da última semana não se repete. Ao contrário, a semana que começa reserva dias quentes. Devido ao ar seco em altitude, até faz um pouco de frio à noite, mais intenso em baixadas da Metade Norte que podem ter geada isolada. A temperatura estará em gradativa elevação e são esperadas tardes de calor. No Noroeste, quase todos os dias da semana serão de marcas altas, especialmente de quarta em diante. Na maioria das regiões, as tardes mais quentes ocorrem na segunda metade da semana. Em Porto Alegre aquece mais a partir de quinta e as tardes de sexta e sábado vão ser de calor. As máximas vão ficar próximas e superiores aos 30ºC no Rio Grande do Sul, em especial na sexta e durante o fim da semana.

0
 
 
   
Rio Grande do Sul registra 4,8ºC abaixo de zero em outro dia gelado
Por: Agosto, 15-08-2014 | 10:06 | Categoria:
 
 
 
 
 

O Rio Grande do Sul teve nesta sexta-feira o 25º dia do ano com registro de mínimas abaixo de zero. A menor marca foi anotada em estação particular no interior de São José dos Ausentes, onde os termômetros acusaram 4,8ºC negativos. É a terceira menor marca do ano na localidade, atrás dos -5,4ºC de 19/6 e dos -7,4ºC de ontem. Interessante ver que cidades ao nível do mar como Torres e Porto Alegre tiveram mínimas muito abaixo de algumas cidades da Serra. São Leopoldo teve 0,6ºC na estação do Parque Imperatriz, a segunda menor do ano na região. Isso se explica porque o ar frio enfraqueceu em altitude, o que limitou as mínimas negativas ou perto de 0º às baixadas da Serra e dos Aparados e às planícies do Sul e do Leste do Estado. Todas estações automáticas do Inmet nestas regiões serranas estão em pontos mais altos ou topos, logo indicam marcas bem acima das baixadas e fundos de vale nos mesmos municípios nestas noites em que as massas de ar polar começam a enfraquecer. Destaque ainda para a mínima de Pelotas no Cpmet de 1,9ºC que foi inferior a de ontem no local. Em Santa Catarina, fez 2,8ºC abaixo de zero hoje em Bom Jardim da Serra que é município limítrofe com São José dos Ausentes.


Há 15 anos, em 15 de agosto de 1999, vários pontos da Serra Gaúcha amanheciam o dia brancos pela neve associada a um ciclone e intensa massa de ar polar. A ocorrência do fenômeno foi mais forte em São Francisco de Paula, onde a neve acumulou alguns centímetros. Hoje não teve neve, mas teve gelo. Com mais uma madrugada de frio intenso, muitos municipios gaúchos voltaram a ter hoje a ocorrência de geada e que em diversos locais voltou a ser forte. Em Ausentes, por exemplo, os campos novamente ficaram cobertos de branco e a água tornou a congelar (fotografia de Maria Angélica Fischer).


O sol predomina novamente no Rio Grande do Sul durante esta sexta-feira, mas com a presença de nuvens altas (tipo Cirrus) no céu. A cobertura de nuvens deve aumentar em algumas regiões do Oeste e do Norte gaúcho na segunda metade do dia com chance de chuva à noite, no final do dia, no Noroeste e no Norte do Estado. Por conta da atmosfera seca, as diferenças de temperatura entre a noite e o dia são acentuadas e a jornada é de grande amplitude térmica. A tarde vai ter máximas mais altas que ontem e agradáveis na maior parte do Estado. Porto Alegre que começou o dia com 3ºC na zona Sul em amanhecer lindo de sol e nuvens altas (reprodução abaixo do SBT Rio Grande) vai ter 20ºC durante a tarde em alguns bairros da cidade.


Neste sábado, a Metade Norte deve ter muitas nuvens e chuva em vários pontos durante o dia. Na Metade Sul, o tempo seco predomina durante o dia, o que fará com que a madrugada seja ainda muito fria no Sul gaúcho e na região de fronteira com o Uruguai. Crucial enfatizar que há incerteza de prognóstico para a região central do Estado, o que inclui Porto Alegre. Os modelos têm oscilado muito em suas projeções, ora limitando a chuva ao Norte gaúcho e ora estendendo ao Centro e pontos do Leste do Estado neste sábado. Por isso, o dia na Capital vai ter mais nuvens e não se pode descartar instabilidade. No domingo, o sol vai aparecer com nuvens na maioria das regiões, mas no Leste gaúcho ainda ocorrerão períodos de maior nebulosidade com chance de instabilidade fraca e esparsa. O dia vai ser de marcas amenas no Estado. O tempo seco predomina no decorrer da próxima semana no Rio Grande do Sul e se espera, inclusive, ingresso de ar mais quente de Norte.

0
 
 
   
Cartões postais do amanhecer mais frio do ano no Sul do Brasil
Por: Agosto, 14-08-2014 | 19:31 | Categoria:
 
 
 
 
 

O Rio Grande do Sul teve hoje o amanhecer mais frio do ano, o 24º dia de 2014 com marcas negativas, a geada mais generalizada do ano e que foi observada até em Porto Alegre e na costa, e ainda mínimas excepcionais que atingiram até 7,4ºC negativos como em São José dos Ausentes. Já em Santa Catarina, a marca de 8,4ºC abaixo de zero em São Joaquim foi a menor temperatura registrada neste ano no Brasil. Como era de se esperar, com frio tão intenso e extremo, as imagens do começo do dia nas áreas mais frias da Região Sul do Brasil seriam bonitas. Verdadeiros cartões postais para encher os olhos.


Paisagem congelada ao amanhecer sob frio de -3,6ºC em Ana Rech, no interior de Caxias do Sul - Felipe Compagnoni


Com frio de quase -7ºC, geada cobriu os campos de Soledade no Alto da Serra do Botucaraí – Paulo Henrique Pinheiro


Árvores regadas com água congelaram com o frio da madrugada em São Joaquim - Taila Mendonça / São Joaquim Online  

0
 
 
   
Frio extremo – Rio Grande do Sul tem -7,4ºC e Santa Catarina -8,4ºC
Por: Agosto, 14-08-2014 | 12:30 | Categoria:
 
 
 
 
 

A temperatura começou a desabar ainda na noite de ontem, quando foram anotadas no final do dia as mínimas da quarta-feira com até 3,0ºC negativos em Ausentes, fazendo da quarta o 23º dia do ano com marcas abaixo de zero no Estado. Na madrugada de hoje, então, despencou. O Rio Grande do Sul teve o amanhecer mais frio do ano com as menores mínimas de 2014 na maioria dos municípios na 24ª jornada do ano com marcas abaixo de zero.  Bateu-se a marca de 19 de junho de 5,4ºC abaixo de zero em Ausentes. Hoje, estação particular em São José dos Ausentes acusou impressionantes 7,4ºC abaixo de zero. Outra marca relevante foi a de 6,7ºC negativos na região do Parque das Tuias, entre Soledade e Fontoura Xavier. Em geral, nos Campos de Cima da Serra, as mínimas ficaram entre -3ºC e -6ºC. Porto Alegre também teve a madrugada mais fria do ano com 1,2ºC no Lami, 1,8ºC na Lomba do Pinheiro, 3,1ºC no Jardim Botânico, 3,4ºC no Aeroporto e 5,6ºC no Menino Deus. Na região metropolitana, a MetSul anotou 0,4ºC abaixo de zero em sua estação do Parque Imperatriz de São Leopoldo (primeira marca negativa de 2014 na Grande Porto Alegre) e 0,3ºC em Canoas. Com o frio extremo, geou de forma generalizada no Estado e inclusive na área urbana de Porto Alegre. Em Santa Catarina, as mínimas foram de 8,4ºC negativos no distrito do Cruzeiro em São Joaquim (recorde), 8,3ºC abaixo de zero em Urupema, 8,0ºC negativos em Bom Jardim da Serra, 5,9ºC negativos em Painel, 4,9ºC negativos em Fraiburgo, 4,3ºC negativos em Lages e 3,1ºC negativos em Caçador.


O sol predomina novamente durante a sexta no Rio Grande do Sul, mas a cobertura de nuvens deverá aumentar em algumas regiões com chance de chuva à noite, no final do dia, no Noroeste e no Norte do Estado. O amanhecer é mais uma vez gélido e terá geada na maior parte do território gaúcho, até em parte de Porto Alegre. Por conta da atmosfera muito seca no começo do dia e o enfraquecimento do ar frio em altitude, as diferenças de temperatura entre microclimas serão acentuadas com frio mais intenso em baixadas, onde a geada será mais forte e as mínimas negativas em muitas cidades, especialmente da Metade Norte. Pode fazer entre 3ºC e 5ºC negativos. Na fronteira com o Uruguai, marcas ao redor de 0ºC e talvez até um pouco negativas. Porto Alegre deve ter mínimas entre 2ºC a 4ºC e a região metropolitana deve anotar entre 1ºC e 3ºC. Aquece bem mais que hoje à tarde com marcas agradáveis e máximas na sexta-feira próximas de 20ºC na região da Capital.

0
 
 
   
Temperatura chega a 0ºC no Rio Grande do Sul e vai cair muito mais
Por: Agosto, 13-08-2014 | 11:00 | Categoria:
 
 
 
 
 

O avanço de uma forte massa de ar frio de origem polar começou a derrubar a temperatura já ontem, mas a queda maior ocorreu nesta quarta-feira com o domínio de um importante centro de alta pressão de 1035 hPa sobre o Rio Grande do Sul. A madrugada e o amanhecer de hoje já tiveram temperatura na casa de 0ºC no Estado, entretanto muitas cidades gaúchas vão ter as suas mínimas na noite de hoje, quando esfriará muito. Acreditamos que haverá localidades com temperatura abaixo de zero na Serra e nos Aparados ainda na noite desta quarta-feira, o que vai propiciar que a geada comece a se formar bem cedo. Por efeito, muitas das marcas informadas na tabela não serão as mínimas de hoje ainda, apesar de bastante baixas.


A MetSul Meteorologia alerta que as madrugadas de amanhã (quinta) e da sexta-feira vão gelar o Rio Grande do Sul. Ar muito seco contribuirá para significativo resfriamento. Geada é esperada em todas as regiões gaúchas, até em diversos pontos da área urbana de Porto Alegre e na costa, e será forte em muitos locais. As mínimas rivalizarão com a onda de frio da última semana do outono e em algumas cidades vão inclusive bater as marcas de 19 e 20 de junho, quando fez 5,4ºC negativos em Ausentes e 3,0ºC na Capital. São esperadas marcas de 4ºC a 6ºC negativos nos Aparados da Serra, negativas ou ao redor de 0ºC em quase todo o interior, em torno de 0ºC na Grande Porto Alegre e de 1ºC a 2ºC em Porto Alegre. Na sexta, em geral, as mínimas serão mais altas que amanhã. As diferenças de microclimas devem se acentuar bastante com o ar muito seco e o enfraquecimento do ar polar, mas ainda fará muito frio no início do dia com marcas negativas e geada em diversas regiões.

0
 
 
   
Semana reserva uma forte massa de ar frio e madrugadas geladas
Por: Agosto, 11-08-2014 | 08:34 | Categoria:
 
 
 
 
 

O sábado que teve sol e nuvens começou com temperatura abaixo de zero na Serra e nos Aparados da Serra no 21º dia do ano com marcas negativas no Estado. Ontem, ingresso de ar quente pelo Oeste e o Norte do Estado e que trouxe calor para o Noroeste estimulou a formação de instabilidade que atuou mais no Centro, Sul e o Leste gaúcho. Os termômetros indicaram 30,3ºC em Santa Rosa, 29,4ºC em Iraí, 28,8ºC em São Borja e 28,1ºC em Cerro Largo. Apenas no começo da tarde de ontem Porto Alegre teve 30 mm no Centro, ou um quinto da média histórica de chuva de agosto que é a mais alta entre os meses do ano, mas na hora do Gre-nal havia muitas nuvens e algumas aberturas de sol (foto abaixo de André Ávila do Correio do Povo).


Muitas nuvens cobrem o Centro, Oeste e o Sul do Estado na manhã de hoje com chuva isolada. Na Metade Norte, o tempo fica mais aberto e volta a esquentar sob a presença de ar quente. Da tarde para a noite há possibilidade de instabilidade na maioria das regiões. A terça começa com nuvens e chuva do Centro para o Norte gaúcho, e durante o dia são esperadas muitas nuvens e instabilidade ainda no Norte e no Nordeste do Estado. Já nas demais regiões, o tempo abre à medida que começa a ingressar forte massa de ar frio. Este pulso de ar polar será significativo. A quarta, mesmo com sol, será muito fria e com máximas baixas, pouco acima de 10ºC em muitos locais e ao redor de 15ºC na Capital. As mínimas ficarão ao redor de 0ºC na fronteira com o Uruguai e nos Aparados da Serra. A madrugada de quinta vai ser a mais gelada da semana e uma das mais frias deste ano. As mínimas devem ficar em torno de 0ºC ou negativas em quase todas cidades gaúchas e com geada generalizada. Pode fazer de -3ºC a -5ºC nos Aparados, entre -2ºC e -3ºC na fronteira com o Uruguai, de 0ºC a -3ºC em várias cidades da Serra, 0ºC na Grande Porto Alegre e 1ºC na Capital. A madrugada da sexta ainda terá marcas negativas e geada.

0
 
 
   
Estado fecha 21 dias com mínimas negativas no ano e vem mais
Por: Agosto, 09-08-2014 | 10:03 | Categoria:
 
 
 
 
 

São agora 21 dias em 2014 com registro de temperatura negativa no Rio Grande do Sul e, prepare-se, vem mais. E já nos próximos dias. Hoje, o Estado amanheceu com marcas abaixo de zero em áreas de baixada da Serra e dos Campos de Cima da Serra com formação de geada forte. Os termômetros indicaram 1,8ºC abaixo de zero em Ausentes e 0,8ºC negativo em Canela. Fez muito frio também em Porto Alegre e região metropolitana com marcas de 3ºC a 5ºC. Desde já a MetSul Meteorologia alerta que na próxima quarta-feira se espera que uma massa de ar polar de forte intensidade cubra o Rio Grande do Sul, trazendo muito frio. A madrugada da próxima quinta-feira (14) se desenha muito gelada. Pelos dados saídos hoje, poderia fazer até 5ºC abaixo de zero nos Aparados e 1º ou 2ºC em Porto Alegre com 0ºC aqui na região metropolitana.


O sol predomina neste momento no Estado, mas já se nota aumento de nebulosidade em várias regiões. Da tarde para a noite deste sábado áreas de instabilidade trazem chuva para pontos do interior gaúcho. O domingo começa com muitas nuvens e chance de chuva na maioria das áreas do Rio Grande do Sul, até com chance de trovoadas e pancadas fortes isoladas. A instabilidade decorre do avanço de ar quente de Norte e atuará mais no Oeste, Centro e no Sul do Estado. No decorrer do dia, contudo, as nuvens de chuva tendem a se deslocar para o Sul gaúcho com melhorias e a presença do sol em diversos locais, sobretudo da Metade Norte, onde ar mais quente trará maior aquecimento e sensação de abafamento durante a tarde. Pode ser o caso da região Porto Alegre que deve ter instabilidade, mas que pode ser seguida depois até de intervalos de melhoria.

0
 
 
   
Temperatura desabou no Estado em nova guinada atmosférica
Por: Agosto, 07-08-2014 | 20:18 | Categoria:
 
 
 
 
 

Foi uma nova guinada atmosférica neste agosto de altos e baixos. Importante mudança do tempo ocorreu no Estado hoje ao longo do dia com chuva e queda acentuada e brusca da temperatura em diversas regiões. Grande parte do Estado começou a quinta ainda com ar quente, mas no decorrer do dia o avanço de frente fria trouxe chuva, vento e resfriamento. Na madrugada, Santa Maria teve rajadas de vento Norte e temperatura de 26ºC. Em Santa Cruz, o vento Norte da madrugada trouxe 24ºC às 4h da manhã, mas hoje à tarde a cidade tinha 12ºC. Mesma causa do aquecimento observado na estação da Lomba do Pinheiro, ponto mais alto situado na zona Leste de Porto Alegre. O vento Norte elevou a temperatura no local a quase 20ºC no meio da noite. No final da manhã e ao meio-dia, contudo, a temperatura despencou com a chegada da frente fria. Entre 11h e 13h esfriou 6ºC em Porto Alegre. No Norte do Estado, onde o ar frio ainda não atuava à tarde, as marcas superavam 20ºC. Em Torres, o ingresso de ar quente com vento Norte pré-frontal elevou a temperatura a 29,5ºC no final da manhã, mas no meio da tarde fazia 15ºC na praia. Na Serra, a mudança veio com forte nevoeiro que cobriu Gramado à tarde.


O avanço de uma massa de ar seco e frio melhora o tempo no Rio Grande do Sul nesta sexta o sol aparece no Estado. No começo do dia haverá maior nebulosidade na Metade Norte com chuva e garoa em alguns pontos, mas no decorrer da sexta as nuvens ficam concentradas em locais perto da divisa com Santa Catarina com instabilidade isolada. Já nas demais áreas, o sol predomina. O amanhecer é frio, especialmente no Oeste e na Campanha. Em muitas cidades, como Porto Alegre, as mínimas ocorrem à noite, no fim do dia, antecedendo uma madrugada de sábado muito fria. Apesar do começo frio, o sábado deve ter sol e nuvens com maior aquecimento à tarde, esperando-se a volta da chuva para a Metade Norte no decorrer do dia.

0
 
 
 
Siga-nos
GIF Games -
300x250
160x600_22a28jan_POA_GRU
ARQUIVOS
GIF 300x250 - Chuteiras
CATEGORIAS
 
Virtuacomm, criando a certeza de um bom negócio.